No último post revelei o roteiro de Roma, clique aqui se ainda não viu.

Agora é hora de deixar Roma em direção a Florença. Vamos de trem! Pagamos 49 euros para duas passagens e uma dica importante, quanto mais cedo você compra, mais barato vai sair. Depois de muita pesquisa, optei pela Trenitália.

Comprando no site italiano você economiza uma graninha boa, porque não tem taxas nem encargos no final.

São 1h30 de viagem da estação Roma Termini até o Terminal  Santa Maria Novella, que fica bem no centro de Florença. Do terminal ao nosso hotel são 11 minutos de caminhada. Se estivermos muito cansados, devemos pegar um táxi na hora.

Aliás, Florença não tem metrô, apenas ônibus, trem e tram.

Os bilhetes podem ser comprados dentro da estação, sendo que pra ônibus você pode deixar para comprar dentro, só vai sair um pouquinho mais caro. E é preciso validar o bilhete no leitor que fica dentro dos coletivos. Nesse link é possível pesquisar linhas e valores. 

Sobre o hotel, em Florença também optamos pelo centro histórico. Vamos ficar no hotel Mabelle Gambrinus, de frente para a Piazza Della Repubblica. Na hora de pesquisar a hospedagem, gosto sempre de ver avaliações e depoimentos de outros hóspedes no Tripadvisor. Dá uma ótima noção do local.

Como chegaremos perto do meio dia, vamos dar uma passadinha na Piazza Della Repubblica e depois já vamos direto para a Piazza della Signoria, considerada a principal praça de Firenze, repleta de estátuas, inclusive a réplica de Davi de Michelangelo. É ali também que fica o famoso Palazzo Vecchio, hoje sede da Prefeitura.

Lá dentro tem um museu com obras de Michelangelo, Vasari e outros artistas Renascentistas. O ingresso custa 19 euros e é com hora marcada. Clique aqui para comprar. 

Aliás, a ideia inicial já era fazer Palazzo Vecchio e Galleria della Ufizzi nesse mesmo dia, porque ficam super próximos, mas os horários não estavam batendo, então deixamos Ufizzi para outro dia.

Assim que sairmos do Pallazzo Vecchio, iremos em direção às margens do rio Arno, onde a cidade começou a se desenvolver, para ver a famosíssima Ponte Vecchio, a mais antiga da cidade e um dos pontos turísticos mais importantes e visitados. No caminho vamos passar pelo Clube de Remo, que tem uma vista linda da ponte, sendo que nos arredores existem várias ruelinhas muito lindas, estilo medieval e bem conservadas, ótimas para tirar fotos.

Vamos passar por baixo do Corredor Vassariano, utilizado pela família Médici para ir com mais discrição do Palazzo Vecchio, onde trabalhavam ao Palazzo Pitti, onde moravam. Em seguida, atravessaremos a ponte em direção ao Palazzo Pitti, o maior palácio da cidade e que, como disse, foi residência dos Médici e de várias outras famílias que também governaram florença. O bilhete para o Pallazzo Pitti custa 19 euros comprando online.

Além do Palazzo Pitti, tem ainda os Jardins de Boboli, que eram os jardins do palácio e são deslumbrantes, cheios de verde e muitas obras de arte. A entrada também é com horário marcado e o bilhete custa 17 euros, vou deixar o link também. 

Ah,  se você preferir tours com guias, pode comprar também nesse link.

E para terminar o dia vamos subir até a Piazzale Michelangelo, de onde se tem uma vista incrível da cidade, depois encontrar um lugar para jantar e voltar para o hotel.

Dia 2

Dia de conhecer uma das obras mais impressionantes já construídas até hoje: a Catedral de Santa Maria del Fiore ou o Duomo de Florença. E sabe aquela cúpula incrível projetada pelo gênio Bruneleschi, vamos mostrar detalhes para vocês no vlog porque vamos subir lá no alto. Aliás, nesse dia teremos que ter muito fôlego, porque queremos subir no Campanário de Giotto também que é a torre do sino anexa à Catedral. O bilhete para visitar cúpula, campanário, o Batistério de San Giovanni, cripta e museu é único e custa 18 euros. Nós compramos antecipadamente aqui.

Lembrando que para conhecer apenas a catedral a entrada é gratuita.

Logo depois, no início da tarde, temos horário marcado na Galeria della Uffizzi, um dos mais famosos e antigos museus do mundo, com obras como o Nascimento de Venus, de Boticcelli. Pagamos 20 euros no ingresso e o link para compra está aqui.

Um detalhe sobre os ingressos: comprando pela internet, antecipadamente, sempre vai sair um pouco mais caro pela conveniência. Mas com eles você pula fila e ganha muito tempo, já que as filas para comprar ingresso na hora sempre são gigantescas. Com isso, você tem que organizar muito bem seu roteiro, porque sempre são com hora marcada e se você não sabe se vai conseguir estar no local, exatamente no horário, aí é melhor deixar para comprar no dia mesmo. 🙂

Depois da Uffizzi, vamos dar uma caminhada pelas ruas de Firenze, tomar um café da tarde e então seguir para a Basílica de Santa Croce, onde estão sepultados Michelangelo, Galileu, Maquiavel…  o ingresso custa 9 euros e também é com hora marcada. Compre direto no site oficial.
E por falar em hora marcada, no fim do dia temos horário na Galeria della Academia, onde está o Davi de Michelangelo original. O bilhete custou 16 euros. Compre aqui. 

À noite vamos, enfim, conhecer o Mercado Centrale, onde tem várias comidinhas típicas e gostosas. Queremos ainda dar uma passadinha na frente da basílica de San Lorenço, local da primeira catedral de Florença, igreja dos Medici e onde está sepultado Donatello. O bilhete custa 8,50 euros e o link para comprar é esse aqui

E gente, eu pesquisei muito sobre onde comprar os bilhetes com segurança e economia, então todos os links que estou deixando para vocês também foram utilizados por nós, para nossas compras.

No próximo post  vou repassar nosso roteiro de Pisa e Lucca. Lembrando que na nossa viagem a Itália vamos ainda conhecer Siena e vários outros cantinhos da Toscana, Milão, Verona e Veneza. 

Ah, lembrei de outro detalhe que vocês me perguntam muito: plano de internet. Sempre saio com meu pacote de internet ilimitada aqui do Brasil. Compro na Easysim4u. Eles entregam na sua casa antes da viagem.

E tem  outra dica meeeega importante, que lembrei agora porque acabamos de contratar: o seguro viagem, que é obrigatório na Europa. E mesmo que não seja obrigatório é sempre importantíssimo ter. Então, segue o link da empresa de seguros do meu amigo, Rodrigo, que vai fazer aquele precinho mais do que especial para vocês. É só falar que vocês vieram aqui do blog pra ganhar 10% de desconto, olha que demais. Esse é o site da RGomes Corretora de Seguros e esse é o whatsapp para mais informações e orçamento:   47 99198-6618

Bom, espero que tenham curtido nosso roteiro de dois dias em Florença e se tiverem mais dicas e sugestões é só deixar nos comentários. Vou adorar!!!

 

 

 

Participe da conversa! 2 comentários

  1. […] Estamos fazendo uma série de textos e vídeos sobre nosso roteiro pela Itália. Já liberamos o roteiro de Roma, (confira o vídeo aqui e o texto aqui) e Florença (confira o vídeo aqui e o texto aqui) […]

    Curtir

    Responder
  2. […] série de textos e vídeos com nossos roteiros pela Itália, já publicamos Roma, Florença, Pisa e Luca.  No final do texto vou deixar o link dos […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre Emilim Schmitz

Jornalista e apresentadora explorando o mundo e criando conteúdo para compartilhar com quem também ama viajar.

CATEGORIA

Florença, Itália

Tags

, , , , , , , , , , , ,